Justiça anula reajuste salarial para políticos de Novo Gama

Polêmica se arrasta desde 2017. Prefeitura diz que vai recorrer da decisão.

Por em 13/05/2019 às 22:42

A Justiça de Goiás pode ter dado na última quinta-feira (09) um capítulo final para a novela do reajuste salarial para a prefeita, vice-prefeito, secretários e procurador do município de Novo Gama.

O tribunal decidiu por anular de vez o processo que aumentou o salário da prefeita de R$ 16 mil para R$ 20 mil e dos secretários de R$ 7 mil para R$ 12 mil (confira a relação completa na imagem).

Gráfico compara reajuste salarial em Novo Gama. (Foto: reprodução / TV Globo)

A polêmica começou no primeiro semestre de 2017, quando a atual gestão derrubou o veto do prefeito anterior. Na época o processo chegou a ser suspenso pelo fato do Ministério Público de Goiás considerar o reajuste um “processo legislativo viciado”.

Sônia Chaves, prefeita de Novo Gama chegou a recuar. Mas, sem abrir mão do reajuste, uma vez que manteve os salários acima dos valores na gestão anterior.

Ao DFTV, o governo municipal informou que irá recorrer da decisão. Vale lembrar que o município de Novo Gama descumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal ao gastar 72,9% da receita com pagamento de pessoal, quando o recomendado é 54%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *