FisioMais Fisioterapia
L1 News
Por em 12/03/2018 às 09:45

Professores de Novo Gama prometem entrar em greve

Por reajuste salarial, categoria interromperá os serviços na próxima segunda (19).

O Sinpro-NG (Sindicato dos Professores de Novo Gama) anunciou que a partir do dia 19 de março a categoria estará em estado de greve.

A decisão foi tomada durante assembléia geral realizada na manhã de sábado (10/03). Na reunião foi discutido assuntos gerais em relação ao reajuste salarial de 6,81%, que não aconteceu na remuneração de fevereiro.

De acordo com o sindicato, a Prefeitura Municipal de Novo Gama propôs o reajuste. Porém, não cumpriu com o percentual acordado. Ainda segundo o Sinpro-NG, foi concedido aumento salarial de apenas 2,03%.

Os professores voltam a se reunir na segunda-feira (19/03), quando inicia a greve, na frente da prefeitura.

Professores optam por greve durante assembléia. (Foto: Sinpro-NG)

2 respostas para “Professores de Novo Gama prometem entrar em greve”

  1. Klenia mara disse:

    Gente q isso de novo todo vez isso agora ,ano passados foram varios alunos prejudicados por causa dessa greve,por q eles nao vao la fazer manifestacao e tal ,mas continuam dando suas aulas,eles ficam varios dias de greve e depois quando voltam exigem q os alunos se virem para aprender da noite para o dia.
    Eu sei q eles tem q lutar para um salario melhor ,por q eles so lutam por isso, por q nao vejo professor fazendo greve para ajudar os alunos com a melhoria do lanche melhoria da escola ou qualquer coisa relacionada a ajudar o aluno.
    Eu acho q o governo deveria mandar professor que adrir a greve em bora isso sim.
    Existe varias maneiras de se lutar pelo seus direitos sem adrir a greve.
    Vcs nao vem a domestica,ou frentista ou mecanico e outros proficionais que necessitavam de ajuste salarial fazendo greve nao, sabe por q? Por q apesar de quererem um pais melhor eles sabem q suas obrigaçoes pelas quais foram contratados tem q serem cumpridas.
    Hoje vejo quando professor fala q da aula por amor ao que faz, foi o tempo gente👌👌

  2. Edinho disse:

    Entram em greve sempre por salário. Todo bem que ninguém vive sem dinheiro: um bom necessário. Mais os professores esquecem de entrarem em greve pela não aprovação automática ou em ciclos, ideologia de gênero, doutrinação política, a média baixa (5,0 pontos), os pontos qualitativos onde o aluno passa de ano sem saber nada, a pedagogia moderna (que não ensina), pais e mães que não educam seus filhos em casa, o vitimismo, o centro cultural e social que a escola está se transformando…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *