FisioMais Fisioterapia
L1 News
Por em 28/06/2016 às 14:53

Ex-prefeito de Novo Gama é indiciado por receptação de carne roubada

Segundo assessoria do supermercado Sagrada Família, Doka não tinha conhecimento da origem da carne.

Em mais uma fase da operação que visa desarticular uma quadrilha especializada em roubo e receptação de cargas, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu dois comerciantes e indiciou outros dois. A carga foi roubada no sábado (25) e já estava à venda em açougues da Ceilândia e Samambaia, e um supermercado em Novo Gama.

Quarta fase da operação recuperou R$ 230 mil de carne roubada (Foto: reprodução/DFTV)

Quarta fase da operação recuperou R$ 230 mil de carne roubada (Foto: reprodução/DFTV)

Para a Polícia, o curto prazo da data do roubo à venda, dá fortes indícios da ligação entre a organização criminosa e os receptadores da carga, avalizada em R$ 230 mil.

A operação existe desde outubro. Até agora 20 pessoas foram presas, entre agentes públicos e sócio-proprietários. Nesta terça-feira (26), foram presos o filho do dono do açougue Vila Bife, Breno Gulit, e o sócio Alan Teodoro de Lima.

Foram indiciados nesta quarta fase da operação, por receptação e ação criminosa armada, o ex-prefeito de Novo Gama, João de Assis Pacífico (conhecido como Doka). Claudimar de Souza Lima, dono do açougue Vila Bife, também foi indiciado e é considerado foragido.

De acordo com a assessoria de comunicação do supermercado Sagrada Família, Doka prestou depoimento e não tinha conhecimento da origem da carne.

Com informações do DFTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *