FisioMais Fisioterapia
L1 News
Por em 16/12/2015 às 09:42

Por mais segurança, rodoviários do DF pararam por quatro horas

Na capital federal o número de assaltos aumentou 34% em um ano.

A quarta-feira (16) começou com paralisação dos rodoviários do Distrito Federal. A categoria havia avisado que iria aderir à manifestação nacional, que pede mais segurança para trabalhadores e passageiros do transporte público. O ato aconteceu das 4h às 8h.

Foto: Ed Alves/CB/D.A Press

Foto: Ed Alves/CB/D.A Press

Nessa época do ano o número de assaltos a coletivos aumentam. No DF o aumento foi de 34%, em um ano.

Os ônibus da região do Entorno Sul são muito visados. As empresas não possuem sistema de bilhetagem eletrônica e algumas não têm nem mesmo vale-transporte, o que aumenta a movimentação de dinheiro que fica com o cobrador.

A rodovia DF-290, na divisa com o Goiás, é uma região onde os assaltos ocorrem quase que diariamente. Há cerca de três semanas, um casal cometeu arrastão dentro de alguns ônibus.

A Secretaria de Mobilidade do DF divulgou ter criado um grupo de trabalho para definir ações que visam combater os roubos a coletivos.

“É importante ressaltar que em relação a demanda da categoria, roubos em coletivos, a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP-DF) tem atuado de forma prioritária. Um grupo de trabalho foi criado com a participação de 11 áreas de governo e das empresas de ônibus exclusivamente para definir ações de enfrentamento aos roubos em transporte coletivo. Uma das ações definidas foi intensificar junto as empresas de ônibus a importância de elas fornecerem as imagens à Polícia Civil”, disse a pasta.

Com informações do G1 DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *